Características do percurso:

Endereço735 metros
Distância Total7 km
Tempo Total3h30min
Elevação Máxima976 metros
Nível do TrajetoModerado/Difícil

Como chegar ao Núcleo do Pau da Fome – PEPB

  • A Pedra do Quilombo está inserida no Parque Estadual da Pedra BrancaNúcleo Pau da Fome – e fica no bairro de Jacarepaguá, na Zona Oeste do Rio de Janeiro;

» Carro

»Transporte Público

  • Clique Aqui para ser direcionado para o Moovit, site com as melhores linhas e rotas de transporte público para chegar  à região;
  • Chegando ao fim da Estrada Pau da Fome, há uma guarita e um portão de madeira indicando a entrada para o Parque da Pedra Branca. A partir daí é proibido seguir de carro ou moto (foto abaixo);

PEPB-nucelo-pau-da-fome

Como fazer a trilha da Pedra do Quilombo

[dt_gap height=”10″ /]
[dt_divider style=”thin” /]
[dt_gap height=”10″ /]
[dt_divider style=”thin” /]
  • A trilha fica bem na entrada do Parque, logo após o portão;
  • O caminho está devidamente indicado por placas;
  • A primeira parte da trilha é bem tranquila, apesar de ser longa;
  • Durante o percurso, tem algumas bifurcações, mas basta seguir o caminho principal e não pegar os desvios, como por exemplo uma placa indicando “Trilha do Rio Grande”;
  • A partir do bambuzal (foto abaixo), a trilha começa a ficar mais puxada;

pedra-do-quilombo-bambuzal

  • Fique atento às setas marcadas nas pedras e árvores ou colocadas em placas! Há muitas bifurcações que podem confundir os mais desatentos.
  • O último 1 km é o mais difícil. Além de ser bem íngreme e estreita, há locais onde é preciso “escalaminhar” pelas rochas, além de trechos com grampos de metal e cabos de aço (foto abaixo), o que torna a subida bem lenta;

pedra-do-quilombo-cabos-de-aco

  • Chegando ao cume, o esforço é recompensado por uma incrível vista panorâmica de toda a região;
  • Além de estar bem de frente para o Pico da Pedra Branca, mais alto de toda a cidade, do alto da Pedra do Quilombo dá pra ver a Pedra da Gávea bem ao fundo;
  • Em um dia limpo, é possível avistar a Serra do Tinguá e a Serra dos Órgãos;
  • A volta é tranquila. Ainda dá tempo de curtir uma das belas Cachoeiras do Parque;

Curiosidades sobre o Parque Estadual da Pedra Branca

A tradição oral dos antigos moradores reporta a existência, nesta serra, de um quilombo que teria se dispersado após a abolição da escravatura em 1888. Alguns proprietários dos sítios que ainda estão em atividade na área seriam descendentes de quilombolas. Com a decadência da cana e do café, gradualmente, a região foi ocupada por agricultura de subsistência, e até hoje parte da produção de banana, caqui e aipim é escoada por burros de carga, como antigamente

→ O Parque Estadual da Pedra Branca (PEPB) é considerado uma das maiores florestas urbanas do mundo, com 12.500 hectares de extensão. Ele é divido em 6 (seis) setores: Setor Pau da Fome, Setor Camorim e Vargens, Setor Rio da Prata, Setor Ilha de Guaratiba, Setor Piraquara e Setor Praias;

→ O PEPB possui, até agora, apenas três núcleos implantados: Pau da Fome, Camorim, ambos em Jacarepaguá, e Piraquara, em Realengo. Conta também com dois postos avançados: Rio da Prata, em Campo Grande, e Vargem Grande, que possuem, cada um, uma pequena guarita de fiscalização e apoio à administração;

→ O Setor Pau da Fome é a sede do Parque, sendo composto pelo Pico da Pedra Branca – maior pico da cidade do Rio de Janeiro – pela Pedra do Quilombo, Pedra Hime (Pedra do Canino), Pedra NegraPedra Grande;

→ O Setor Camorim e Vargens é composto pelo Açude do Camorim, Cachoeira do Camorim, Pedra Rosilha e Cachoeira de Vargem Grande;

→ O Setor Rio da Prata é composto pela Cachoeira do Mendanha entre outros atrativos;

→ O Setor Piraquara é composto pela Pedra do Ponto, Morro do Lameirão Pedra Jesus Vem, Pedra do Osso, entre outros atrativos;

→ O Setor Praias é composto pelas Praias Selvagens de Guaratiba, Pedra da Tartaruga, Pedra do Telégrafo, Morro da Boa Vista e Morro dos Cabritos;

Horário de visitação: Terça a domingo, de 8h às 17h

  ——————————–“Um grande abraço e que nossos caminhos se cruzem pelas trilhas da vida!”
  —————————————————-TRILHAS & CACHOEIRAS

Deixe um Comentário

*By using this form you agree with the storage and handling of your data by this website.

Trilhas e Cachoeiras foi criado em 2014 para compartilhar dicas, fotos, roteiros e experiências de trilhas e viagens no Brasil e no mundo. 

Copyright©2022. Todos os Direitos Reservados ao site Trilhas e Cachoeiras

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Aceitar Read More

Traduzir »

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.