Cachoeira de Vargem Grande

  Endereço  Estrada do Mucuíba, 992 – Vargem Grande, RJ
  Distância Total  –
  Tempo Total  1h 30min
  Elevação Máxima  –
  Nível do Trajeto  Leve

 

 

 

 


>A CHEGADA

        As Cachoeiras de Vargem Grande estão localizadas no Parque Estadual da Pedra Branca*, no setor de Vargem Grande, bairro na Zona Oeste do Rio de Janeiro.

        Pra chegar até lá a melhor forma é seguir por toda a extensão da Avenida das Américas, que liga a Barra da Tijuca ao Recreio dos Bandeirantes, em direção a Costa Verde. Pouco depois de passar o Colégio Notre Dame, vire à direita seguindo a placa que indica Vargem Grande, pegando a Estrada dos Bandeirantes.

        A partir daí, siga pela Estrada dos Bandeirantes por aproximadamente 10 minutos até chegar ao Largo de Vargem Grande, com seus muitos comércios e restaurantes, e entre na Estrada Pacui. Suba por essa estrada e entre na Estrada Mucuiba, algumas direitas adiante.

    Continue na Estrada Macuiba (sempre seguindo pela esquerda) até passar pelo Condomínio Fazendinha e a Rua Mestre Waldemiro e chegar a uma bifurcação onde verá uma corrente à esquerda com uma placa indicando que só é permitido a passagem de moradores e uma subida íngreme à direita.

        Nesse ponto você terá que fazer uma escolha: deixar o carro antes da bifurcação e seguir a pé pelo caminho à esquerda que é mais curto (em torno de 1 km / 20 minutos de caminhada) ou subir de carro pela estrada à direita, pegando a esquerda mais a frente na altura do “Bar To na Boa” e mantendo sempre a esquerda. (vai parecer que o caminho não dá em lugar nenhum por se tratar de uma estradinha estreita e sinuosa de terra batida que lembra o interior, mas seguindo sempre à esquerda você chega lá. No entanto, se não tiver confiança aconselho seguir a primeira opção: largar o carro e ir andando pelo caminho mais simples).

        Ambos os caminhos vão dar no mesmo lugar: uma  guarita, algumas placas com informações do Parque Estadual da Pedra Branca e um espaço pra estacionar em frente a um muro enorme de um casarão.

Guarita do Parque Estadual da Pedra Branca e estacionamento logo atrás

OBS: Chegar lá é a parte complicada. A trilha em si é bem tranquila. Como não há muita opção de transporte público e a maioria das pessoas não conhece a região, o ideal é ir de carro com alguém que conheça ou tomar nota das informações que passamos e utilizar o GPS do celular como mapa.

 

>A TRILHA

        A trilha tem início logo após a cancela do Parque, que fica próximo a guarita que mencionamos. O caminho é bem demarcado, mas não há sinalização alguma, portanto fique bem atento pra não se perder! 

Cancela do Parque e placa de informações

         O primeiro trecho é bem curto. (Atenção: tem uma pequena bifurcação à direita que leva pra dentro da mata. Ignore! Nesse ponto, continue reto, descendo por uma estradinha de concreto feita pra passagem de veículos do próprio Parque).

       Chegando ao fim dessa descida, tem uma placa do Parque da Pedra Branca à direita. A trilha pras cachoeiras é por ali. (Só por curiosidade: seguindo a frente, depois do rio, tem uma outra placa, um barzinho e um caminho que leva a uma comunidade quilombola. Lembre-se: a trilha fica à direita da primeira placa do Parque!) 

início da trilha para as cachoeira

       A distância dessa placa até o primeiro poço é muito pequena. Em torno de 5 minutos numa caminhada bem leve. Esse primeiro poço tem uma pequena queda e um amplo espaço pra relaxar. Como é bem fácil de chegar, costuma ficar bem movimentado, mas tem espaço pra todo mundo!

Poço da primeira cachoeira

     Pra chegar na próxima cachoeira, basta seguir pelas pedras, mantendo-se à direita do poço. Logo à frente é possível ver a continuação da trilha, indo pra dentro do mato. É uma trilha leve e dura em torno de 25-40 minutos dependendo do seu ritmo. Vale muito a pena. A cachoeira “tobogã” é bem divertida. Dá pra deslizar por ela até o poço ou simplesmente ficar de boa, deixando a água massagear as costas.

Deslizando na Cachoeira “Tobogã”

      Muitas pessoas param por aí e se dão por satisfeitas, mas pra quem quiser tomar um banho de cachoeira de verdade, dá pra seguir por uma trilha bem curta (uns 6 minutos) até a próxima cachoeira. Pra isso, basta cruzar o poço da cachoeira do tobogã e entrar numa trilha que se forma do outro lado. Daí em diante, fica um pouco mais complicado porque, apesar de curta, essa trilha tem muitas bifurcações. A dica é seguir próximo ao rio – atente para o som das águas – sempre escolhendo a esquerda nas bifurcações até chegar a uma abertura, à esquerda, voltada para o rio. 

Cachoeira em Vargem Grande

 

>CONSIDERAÇÕES FINAIS*

Segue abaixo algumas considerações sobre pontos de interesse dessa trilha:

Parque Estadual da Pedra Branca: “Situado na Zona Oeste da cidade, o Parque Estadual da Pedra Branca é o maior parque natural urbano do mundo, com área de 12.500 hectares. Esta área é quase 3 vezes maior que o Parque Nacional da Tijuca, se estendendo de Guaratiba até Sulacap, através dos bairros de Vargem Grande, Camorim, Jacarepaguá e Campo Grande“. (Fonte: www.etrilhas.com.br)

 

 

 

Digiprove sealCopyright secured by Digiprove © 2017

Deixar uma resposta

All original content on these pages is fingerprinted and certified by Digiprove
Por favor, aguarde...

Junte-se a nos!

Deixe seu nome e e-mail pra que possamos enviar todas as novidades do nosso site, (relatos de trilhas, cachoeiras, dicas sobre viagens e muito mais) assim que forem sendo publicadas!! Siga também nosso instagram - @trilhasecachoeiras - e nos envie suas fotos...toda semana publicamos o \"destaque da semana\". Grande Abraço!
Translate »