Costão de Itacoatiara

  Endereço  Rua das Rosas, nº 24, Itacoatiara, Niterói, RJ
  Distância Total  2 km
  Tempo Total  1 horas
  Elevação Máxima  217 metros
  Nível do Trajeto  Leve

 


 

>A CHEGADA

       Para chegar até a trilha do Costão é preciso, primeiramente, se dirigir até a Praia de Itacoatiara, na Região Oceânica de Niterói. Em seguida, ir até o canto esquerdo da praia e andar algumas ruas pra dentro, seguindo pelo asfalto até visualizar a entrada do Posto de Recepção ao Visitante do Parque Estadual da Serra da Tiririca*, administrado pelo INEA. (Horário de visitação: 8h às 17h)

OBS: “Para a sua segurança, solicita-se assinar o livro de visitantes, localizado no Posto de Recepção ao Visitante de Itacoatiara. Para grupos a partir de 10 pessoas, comunicar 10 dias antes da visita à administração do Parque.”.(Fonte: http://www.inea.rj.gov.br/)

 

>A TRILHA

       A trilha começa logo após a sede de administração do local e segue paralela ao muro de um terreno vizinho. Há uma breve subida seguida de um caminho em zigue-zague que leva até uma bifurcação com três direções diferentes.

ATENÇÃO: A trilha da esquerda, que leva até o Alto Mourão (Pedra do Elefante)*, está fechada, pois está muito degradada por tratar-se do leito de um rio temporário que se forma com as águas da chuva.

      Seguindo em frente, pela trilha do meio, chega-se até a Enseada do Bananal*, uma verdadeira “praia de pedras”, localizada ao nível do mar e onde é possível, praticar highline, escalada, rapel, além de curtir o visual. De lá é possível ver o Costão e a cabeça da Pedra do Elefante.

       A trilha que leva ao Costão é a que fica à direita. Seguindo por ela, rapidamente se alcança o costão de pedra. A partir daí, acaba a trilha e, para chegar até o topo, é preciso “escalaminhar” toda a costa de pedra. Muitas pessoas se assustam e sobem engatinhando, mas a rocha é bem aderente, sendo possível subir sem o uso das mãos. A subida é um bom exercício para as pernas.

OBS: A superfície do Costão é bem exposta, com pouca vegetação o que, em dias de sol, deixa o trajeto bem mais desgastante, devido ao extremo calor. (Lembre-se de levar água e protetor solar!).

        Do cume do Costão é possível ver o Morro das Andorinhas*, Itacoatiara, as lagoas de Itaipu e Piratininga, bem como as praias de Itaipu, Camboinhas e Piratininga. Ainda, é possível ver a Pedra do Elefante e, percorrendo todo o Costão até o outro lado, é possível chegar bem próximo à Enseada do Bananal e ver as praias de Itapuaçu e Maricá.

OBS: Tenha em mente que caso decida descer até a ponta do Costão, será preciso subir novamente. É como subir o Costão duas vezes no mesmo dia, o que é bem desgastante para as pernas!


>
CONSIDERAÇÕES FINAIS*

         Como a trilha é curta, é possível fazer outras trilhas, igualmente curtas, no mesmo dia como a do Morro da Andorinha e Enseada do Bananal. Caso esteja muito calor, o ideal é se refrescar nas águas da Praia de Itacoatiara, uma das praias mais bonitas do Estado do Rio de Janeiro e a mais procurada de Niterói. Abaixo, algumas considerações sobre pontos de interesse dessa trilha:

Alto Mourão (Pedra do Elefante):O Alto Mourão ou Pedra do Elefante é o ponto mais alto da Serra da Tiririca e de Niterói. Com 412 mts de altura, está localizada entre as praias de Itaipuaçu eItacoatiara. Do seu cume temos uma incrível visão de 360º, onde podemos contemplar as montanhas do Rio, o Costão de Itacoatiara (217 m), toda a Região Oceânica de Niterói, as praias de Itaipuaçu e Maricá com quase 40km de extensão, e as ilhas Maricás.”. (Fonte: http://www.trilhaape.com.br/)

Morro da Andorinha: “Localizada no Parque Estadual da Serra da Tiririca, em Niterói, a trilha do Morro da Andorinhas da uma visão espetacular e oposta do Costão de Itacoatiara, só que além disse também propicia uma paisagem incrível para a praia de Itaipu e a reserva indígena com sua bela lagoa de Itaipu ao centro.”. (Fonte: http://www.kmonadventure.com.br/)

Enseada do Bananal: Localizado entre o Costão e o Alto Mourão. Formado por várias formações rochosas à beira mar. Praticantes de rapel e high-line costumam frequentar o local. (Relato completo da trilha. Clique aqui)

Parque Estadual da Serra da Tiririca:  “A Serra da Tiririca constitui um dos contrafortes da Serra do Mar e é formada por oito morros, dos quais se destaca o Alto Mourão, também conhecido como Pedra do Elefante. Do cima de seu cume com 412 metros de altitude, que é o ponto mais alto de Niterói – temos uma incrível visão panorâmica da região oceânica de Niterói e da área costeira de Maricá, além da baía de Guanabara e do Rio de Janeiro. Acompanhado do especialista em gestão de áreas naturais protegidas e ex-gestor do parque, Adriano Melo, e do coordenador do serviço de proteção do parque Jhonatan Ferrarez,  percorremos a trilha até o alto do Morro do Elefante para poder assistir ao nascer do sol com as ilhas Maricás bem a frente.”.(Fonte: http://entretenimento.r7.com/blogs/enrico-marone/parque-estadual-da-serra-da-tiririca-28102013/)

Digiprove sealCopyright secured by Digiprove © 2014-2015
pt.pdf24.org    Enviar artigo em PDF   

Deixar uma resposta

2 thoughts on “Costão de Itacoatiara”

All original content on these pages is fingerprinted and certified by Digiprove
Por favor, aguarde...

Junte-se a nos!

Deixe seu nome e e-mail pra que possamos enviar todas as novidades do nosso site, (relatos de trilhas, cachoeiras, dicas sobre viagens e muito mais) assim que forem sendo publicadas!! Siga também nosso instagram - @trilhasecachoeiras - e nos envie suas fotos...toda semana publicamos o \"destaque da semana\". Grande Abraço!
Translate »